Incentivo à leitura: “Pague quanto acha que vale”

Quem utiliza o metrô paulistano já deve ter se deparado com uma máquina dessas, cheia de livros e com o convite: “Pague quanto acha que vale”.

De acordo com o blog “Curiocidade“,  a ideia é da empresa 24X7, e só no primeiro mês da iniciativa (fevereiro) foram vendidos 28 mil exemplares, que até então estavam encalhados nas editoras. As máquinas só aceitam notas, a partir de dois reais. Nas últimas semanas eu adquiri 3 livros, pela bagatela de R$ 6,00 (TOTAL). São eles: “A Copa que interessa” – Eduardo Menezes, “Os informantes” – Bret Easton e “Nós mudamos o mundo: Um pioneiro revela a história da CNN” – Sidney Pike.

Novas aquisições literárias

Apesar de algumas máquinas oferecerem alguns clássicos da literatura brasileira, como Iracema e Senhora, a maioria dos títulos não são conhecidos. Além disso, alguns livros são muito técnicos, como “aprenda a gravar um DVD”.

Porém, eu sempre elogio e valorizo qualquer iniciativa que incentive a leitura. Achei essa ideia sensacional! Quando passo perto das máquinas na estação Sé, SEMPRE tem uma ou duas pessoas comprando ou pelos menos olhando as obras disponíveis. Isso é muito bacana.

Espero que a iniciativa seja levada para outras cidades e outros locais. Os amantes da leitura agradecem.

4 comentários sobre “Incentivo à leitura: “Pague quanto acha que vale”

Obrigada pelo comentário! :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s