Raul – O início, o fim e o meio

Hoje eu vou falar um pouco sobre o documentário “Raul – O início, o fim e o meio”. Dirigido por Walter Camargo, o filme foi lançado em março desse ano e conta a história de Raulzito, desde a infância na Bahia até a consagração como um dos maiores nomes do rock brasileiro (considerado por muitos o pai do rock no Brasil).

Para contar a história de Raul foram convidados amigos de infância, colegas de trabalho, grandes parceiros, ex-mulheres, jornalistas e artistas brasileiros que conviveram com o Maluco Beleza, como Caetano Veloso e Tom Zé.

Infância

No início do filme, parentes e amigos de infância mostram como o garoto nascido em Salvador em 1945 veio ao mundo de fato para ser um ídolo do rock. Raul era o membro nº 9 do “Elvis Rock Clube”, primeiro clube de rock do Brasil. Obviamente, sua maior inspiração era o grande Elvis. Inclusive, é mostrado no documentário um aúdio de 1954, em que Raulzito imita o seu grande ídolo.

Mulheres da vida de Raul

Raul teve três esposas e uma amante “oficial”. Pai de três filhas (uma de cada casamento), infelizmente ele não conseguiu conviver com suas meninas como gostaria. As duas primeiras esposas foram morar nos EUA após a separação, levando as crianças. Raulzito faleceu quando sua terceira filha tinha oito anos.
Fica claro que Raul foi um pai muito carinhoso. Suas ex mulheres demonstram saudades e boas lembranças do cantor, menos a primeira esposa. Ela se recusou a gravar um depoimento, limitando-se a mandar uma mensagem por Skype, explicando o motivo da recusa. A filha do casal até aparece rapidamente no documentário, mas dá para perceber que ela está pouco à vontade e não sente nada pelo pai. Ao contrário das duas outras filhas, que se emocionam ao falar sobre Raul. Quem também aparece rapidamente é o seu neto americano, que é simplesmente A CARA dele.

Glória e Raul, sua segunda esposa
Raul e Vivian Seixas, filha do terceiro casamento

Parceria com Paulo Coelho

No início dos anos 70, Raul conhece Paulo Coelho, que até então era jornalista e fazia alguns trabalhos de ator. É unanimidade entre os entrevistados do documentário que Paulo Coelho influenciou profundamente o trabalho e a vida de Raulzito. Porém, nem todos que conviviam com ele o consideram o parceiro mais importante.

Juntos, eles escreveram clássicos como “Al Capone”, “Gita”, “Tente outra vez” e “A maçã”. Uma afirmação no depoimento do escritor me deixou impressionada: ele foi o responsável por apresentar o mundo das drogas para Raul. E Paulo Coelho não se arrepende nem um pouco disso. Para ele, Raul  “tinha 27 anos, já era casado, pai de uma filha, e sabia muito bem o que estava fazendo”.

Além disso, Paulo Coelho apresentou Raul ao mundo do satanismo. Eles criaram a famosa “Sociedade Alternativa”, que tinha como objetivo divulgar a Lei de Thelema, criada por Aleister Crowley. O documentário explica muito bem como funciona essa doutrina e mostra como Raul e Paulo mergulharam nessa ideia. Depois de uma experiência de quase morte, Paulo Coelho abandona o satanismo (no livro “As Valkírias”, ele narra como foi essa experiência).

Raul Seixas e Paulo Coelho

Conhecia bem superficialmente a vida e obra de Raul, e o documentário me mostrou o motivo dele ser tão amado e idolatrado por seus fãs.
Ele foi um visionário, saiu da Bahia para apresentar o rock’n’roll ao Brasil. Apesar da influência americana, sua música foi a mais brasileira possível, tanto no ritmo (misturado com o baião de Luiz Gonzaga), quanto nas letras, que retrataram o povo brasileiro em plena ditadura militar.

Independente do ritmo musical que você curte, vale muito a pena conhecer a história desse Maluco Beleza.

Segue abaixo o trailer do documentário:

OBS: Toca Rauuuuuuulllll!

3 comentários sobre “Raul – O início, o fim e o meio

  1. Pingback: Retrospectiva – O melhor de 2012 « Avesso e Reverso

Obrigada pelo comentário! :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s