Sábado de aleluia: Músicas sobre Judas

Hoje é Sábado de Aleluia. De acordo com a tradição cristã, “O Sábado de Aleluia é o Sábado Santo, o dia depois da morte de Cristo. A referência é sobretudo feita à noite do Sábado Santo, quando, na liturgia, se canta o aleluia pascoal, depois de 40 dias (a quaresma), durante os quais o Aleluia é omitido nas celebrações. É a celebração da Ressurreição de Cristo.” (Fonte: A biblía. org)

É no Sábado de Aleluia que acontece também a Malhação de Judas, onde um boneco representando o apóstolo Judas é destruído nas ruas, por cristãos (ou não) do mundo todo. Judas, de acordo com a Bíblia, é o traidor de Jesus, entregando Cristo à seus perseguidores em troca de 30 moedas de ouro. Tomado pelo arrependimento, teria se suicidado em seguida.

Judas é um dos personagens mais emblemáticos da Bíblia. Apesar de seu nome ter virado sinônimo de traição, muitas pessoas não consideram o apóstolo tão ruim assim. Existem inclusive teorias que afirma que na verdade ele foi um herói.

Na música, alguns artistas já defenderam Judas, e claro, causaram muita polêmica. Hoje vou mostrar as versões de Lady Gaga e Raul Seixas sobre essa história.

Lady Gaga

“Eu quero te amar
Mas algo está me puxando para longe de você
Jesus é minha virtude
Mas Judas é o demônio ao qual me apego
Eu me apego”
No clipe da música “Judas”, Lady Gaga aparece como Maria Madalena, na garupa de Jesus, seguida por 12 apóstolos motoqueiros. Muita gente chiou com o vídeo, acusando a cantora de ser satanista. Em entrevistas, ela afirmou que respeita todas as crenças, e que a música “Judas” na verdade fala sobre a importância do perdão.
Mas claro que na verdade ela também quis causar “um pouco”.
Raul Seixas

“Se eu não tivesse traído 
morreria cercado de luz
e o mundo hoje então não teria
a marca sagrada da cruz
e para provar que me amava
pediu outro gesto de amor
pediu que o traísse com um beijo
que minha boca então marcou.”

De acordo com as minhas pesquisas no Google, a “Judas” de Raul Seixas não causou tanta polêmica. Talvez porque Raul sempre foi polêmico e todo mundo já achava que ele tinha pacto com o Diabo mesmo.

Mas, diferente da “Judas” de Lady Gaga, Raul faz uma reflexão bem interessante na música. Para ele, Judas na verdade foi uma “vítima” escolhida para trair Jesus, já que poderia ter sido qualquer um o traidor. E mais, se não fosse Judas, Jesus não teria morrido e salvado a humanidade. Ou seja, tudo já estava planejado desde o início, e Judas pagou (e paga até hoje) o preço de ter sido “o escolhido”.

Por essa e outras, Raulzito leva a fama de satanista por muita gente (não é bem assim, mas fica pra outro post).

As músicas estão aí, e ouve quem quer. E, como diria um dos ditados mais sábios do mundo: “Futebol, religião e política não se discutem”.

3 comentários sobre “Sábado de aleluia: Músicas sobre Judas

Obrigada pelo comentário! :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s