Bon Jovi em São Paulo: “melhor que Rio”

1377557_10151599627097000_1771777376_n
“Me divertindo pacas com essa galera”

No último domingo (22), a banda Bon Jovi esteve em São Paulo, no estádio do Morumbi, apresentando sua nova turnê “Because we can”. Segundo as palavras do próprio Bon Jovi, o público paulistano foi melhor do que a plateia do Rock in Rio, onde a banda se apresentou dois dias antes. Eu estava lá e vou contar as minhas impressões sobre o show.

Abertura com Nickelback

22set2013---o-grupo-canadense-nickelback-formado-por-chad-kroeger-mike-kroeger-ryan-peake-e-brandon-kroeger-durante-show-de-abertura-para-o-bon-jovi-no-estadio-do-morumbi-em-sao-paulo-1379888837992_956x5
Chad Kroeger, vocalista do Nickelback

A abertura do show ficou por conta da banda Nickelback, que fez o trabalho direitinho e animou a galera com um repertório cheio de sucessos. Apesar de muito queridos pelo público brasileiro, essa é a primeira passagem da banda pelo país, e tenho certeza que eles se surpreenderam com a recepção calorosa. Quem sabe eles se animam e voltam em breve para um show solo? Vamos aguardar.

Bon Jovi

22set2013---depois-do-rock-in-rio-bon-jovi-se-apresenta-no-estadio-do-morumbi-em-sao-paulo-1379894529463_956x500
Jon Bon Jovi e o guitarrista Phil X

Às 20h em ponto, Bon Jovi subiu ao palco com a música “That’s What the Water Made Me”, do novo CD que dá nome à turnê. Em seguida, ele emendou “You Give Love a Bad Name”, e aí sim, o show começou de verdade para mim.

A realidade é que a grande maioria (inclusive eu) estava lá para ouvir os clássicos, mas a primeira parte do show foi especialmente dedicada às músicas do novo trabalho. A demissão do guitarrista Richie Sambora e a cirurgia de emergência do baterista Tico fizeram Jon “se virar nos 30” e contratar outros músicos, talvez nem tão familiarizados com o repertório antigo. Confesso: fiquei decepcionada por não ter a chance (pelo menos não dessa vez) de acompanhar um show com a banda “completa”, mas também não posso tirar o mérito dos músicos contratados, que se esforçaram para manter o nível da banda.

Mas voltando ao show, a segunda parte veio com os clássicos e foi simplesmente demais! “Bad Medicine”, “Livin’ on a Prayer”, “Born To Be My Baby” e a épica “Wanted Dead or Alive” fizeram o Morumbi tremer!

557829_511435172284849_205636480_n

morumbi

morumbi 2

E quando todos já estavam ansiosos para cantar o grande sucesso “Always”, começou a chover. Mas não foi uma chuvinha, foi um dilúvio!

E assim o show terminou. Sem “Always”, sem tchau (estava no bis, mas podia ter rolado outro tchau), enfim…a chuva encerrou o show antes da hora. Nesse momento, eu só conseguia pensar “não acredito que não ele não cantou Always”. Mas depois de toda a saga pra chegar em casa (que eu vou contar logo em seguida), minha decepção por não ter ouvido “Always” passou. Pelo menos ele cantou “Wanted dead or alive” e nós, brasileiros que não desistimos nunca, saímos do estádio cantando a música. Foi muito legal.

Saindo do Morumbi

Sou uma moradora da periferia de São Paulo e que depende exclusivamente de transporte público. Assim como eu, muitas pessoas que foram ao show também estão nessa condição.

Sair do Morumbi depois do show e chegar no metrô antes da 0h foi uma verdadeira saga para quem precisava chegar em casa para trabalhar/estudar no dia seguinte. Para quem não sabe, o Morumbi é uma das regiões nobres de São Paulo, e a falta de transporte público lá me deu a impressão de que não fazem questão nenhuma que os moradores de outras regiões transitem pelo bairro. Tanto que o projeto para a construção da Linha 17-Ouro do Metrô, com o monotrilho que ligaria Jabaquara com o Morumbi, foi duramente criticado pelos moradores da região.

Dentro do estádio, não tive muitas reclamações. Mas não pretendo voltar lá tão cedo.

Considerações finais

Fiquei com aquela sensação de que “Foi bom, mas poderia ter sido melhor”. Mas a emoção de ter visto Bon Jovi ao vivo, mesmo com o desfalque da banda, foi inesquecível. “Perfeito” é pouco para definir o que é esse homem!

Para encerrar, deixo com vocês o vídeo do melhor momento do show:

Um comentário sobre “Bon Jovi em São Paulo: “melhor que Rio”

Obrigada pelo comentário! :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s