O Espetacular Homem Aranha 2 – A Ameaça de Electro

O-Espetacular-Homem-Aranha-2-_1680x1050

Ele voltou!! Estreou no dia 1º de maio a sequência do filme “O Espetacular Homem Aranha”, que traz novamente Andrew Garfield (lindo) no papel de Peter Park, lutando dessa vez contra o vilão Electro (Jamie Foxx).

Peter continua dividindo seu tempo entre combater o crime na cidade e seu relacionamento com Gwen Stacy (Emma Stone). Mas a situação para ele não é fácil, já que sua segunda identidade coloca em risco a segurança de sua amada. Além disso, as dúvidas sobre os motivos que levarem seu pai a abandoná-lo na infância continuam pertubando sua cabeça.

O-Espetacular-Homem-Aranha-2-04
Peter e Gwen, casal fofo!

Outro personagem importante que conhecemos na história é Harry Osborn (Dane DeHaan), que assume a presidência do grupo Oscorp após a morte de seu pai, Norman Osborn. Harry e Peter se conheceram na infância, quando seus pais foram parceiros em uma (misteriosa) pesquisa.

O-Espetacular-Homem-Aranha-2-EW-11jul2013-07
Peter e Harry

Assim como no primeiro filme, Peter Park continua um personagem adorável, engraçado e muito romântico. Não conheço muito sobre a história original dos gibis, mas a imagem que fica do “Homem Aranha” dos filmes é que Peter é um jovem como qualquer um, que gosta de ouvir música, falar besteira com os amigos e namorar. Ele é pobre e tem seus conflitos familiares, assim como a maioria dos caras que conhecemos por aí. Isso torna o “Homem Aranha” um super herói “humanizado”, e essa é uma das grandes vantagens da história para mim.

As cenas de ação conseguiram superar o primeiro filme, teve momentos que senti que estava esquecendo de respirar! rs (Isso porque nem vi em 3D). As sequências em que o herói pula de prédio em prédio chegam a causar tontura, tamanha a perfeição das imagens. Um recurso legal que foi muito bem utilizado é o bullet-time (aquele famoso efeito do filme “Matrix”, em que o personagem Neo desvia de um tiro se inclinando para trás).

O filme termina com um gancho super óbvio, então com certeza podemos esperar a 3ª parte! Por enquanto, confiram o trailer e não deixem de assistir!

Não quero saber: abaixo o spoiler!

menininha-raiva

Com os feriados que tivemos nas últimas semanas, aproveitei para começar a assistir uma série que parece ser a nova coqueluche do momento (gíria nova): Game of Thrones. A produção já está na 4ª temporada, e por enquanto estou gostando bastante. Mas o texto de hoje não é sobre a série, e sim sobre algo que está me irritando muito ultimamente: Os malditos spoilers.

Definição do Wikipédia:

“O termo (spoiler) se refere a qualquer fragmento de uma fala, texto, imagem ou vídeo que se encarregue de fazer revelações de fatos importantes, ou mesmo, do próprio desfecho da trama de obras tais como filmes, séries, desenhos animados, animações, conteúdo televisivo, livros e videogames (…) que, na maioria das vezes, prejudicam ou arruínam a apreciação de tais obras pela primeira vez”.

Sim, eu já sei várias coisas que vão acontecer em Game of Thrones, e isso com certeza tira um pouco a expectativa de acompanhar a série. Aí vocês me falam “ah, mas você é burra, é só não ler o que publicam sobre a história”.

Eu não sigo nenhuma página no facebook e nenhum perfil do twitter que falam sobre Game of Thrones. Tudo o que li foram textos que, na minha inocência, apenas apresentavam a série. Mas quando eu menos esperava, estava lá, a maldita informação que eu não queria saber.

Sem contar algumas pessoas da minha TL do Twitter, que sempre se empolgam um pouco mais nos comentários. Sei que nas redes sociais alguma coisa sempre acaba escapando, eu mesma posso ter falado algum spoiler algum dia sem perceber (apesar de me policiar bastante), mas fico com muita raiva quando publicam textos na internet sem ao menos avisar no começo que ele contém esse tipo de informação.

Aqui no blog já escrevi vários textos sobre filmes, séries e livros, e tento sempre focar no que eu senti ao assistir ou ler uma história, e não contar tudo o que aconteceu. Na única vez que fiz isso (em um post sobre o livro “Cinquenta tons de cinza”), avisei antes.

Queridos leitores, por favor, se vocês encontrarem um spoiler nesse blog…briguem com essa blogueira que vos escreve rs.

Sei que algumas pessoas não se incomodam, e até gostam de saber o que vai acontecer na história, mas acho que vale utilizar o bom senso na hora de comentar com alguém sobre o que você achou sobre aquele filme, série ou livro.

Dito isso, deixo aqui meu último apelo: Não quero mais saber quem morreu ou quem viveu em Game of Thrones!!!!!