“Garota Exemplar”, a influência da mídia e a loucura

 

Cena-do-filme-Garota-Exemplar--size-598

As aparências enganam.

É essa a primeira frase que vem à minha mente ao começar a falar sobre o filme “Garota Exemplar”, dirigido por David Fincher e baseado no livro homônimo de Gillian Flynn.

Na manhã do seu 5º aniversário de casamento, Nick (Ben Affleck) percebe o desaparecimento da sua mulher, Amy (Rosamund Pike). Preocupado, ele procura a polícia para registrar o fato e logo se inicia uma investigação. Amy é famosa no país, pois sua infância serviu de inspiração para a personagem “Amy Exemplar” (livro escrito pelo seu pai), e logo o caso ganha a atenção da mídia.

O comportamento de Nick começa a ser questionado por todos, já que suas atitudes (sorrindo para fotos e tirando selfies com mulheres bonitas) não eram exatamente de um marido preocupado. Além disso, a investigação começa a apontar um relacionamento estranho entre Nick e Amy, e a imprensa logo aponta o marido como o culpado pelo desaparecimento (e suposto assassinato) da esposa.

A polícia ainda não tem um corpo e nem uma prova definitiva, e Nick jura que não tem nada a ver com o desaparecimento. O telespectador ainda não sabe em que acreditar, até que o filme dá uma reviravolta e todo mundo no cinema fica de boca aberta (e eu paro por aqui para não falar demais).

Sem dúvida, depois de “Her“, esse foi o melhor filme que eu assisti esse ano. O suspense aparece do começo ao fim, e os momentos mais parados são compensados por cenas fortes (e muitas vezes, até assustadoras). Além de destacar como a mídia influencia a opinião das pessoas, o filme faz lembrar como o ser humano pode ser imprevisível, cruel…e sem limites.

Uma surpresa foi a atuação de Rosamund Pike. Não conhecia o trabalho dela, mas essa personagem com certeza vai abrir as portas para muitos trabalhos. Ben Affleck também mandou bem interpretando um tipo ambíguo e (aparentemente) frio.

Talvez, um ponto negativo é a longa duração do filme (2:30). Infelizmente, não li o livro, então imagino que esse foi o tempo necessário para contar a história com todos os seus detalhes.

Deixo com vocês o trailer, não deixem de assistir!

4 comentários sobre ““Garota Exemplar”, a influência da mídia e a loucura

Obrigada pelo comentário! :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s